O radinho

julho 18, 2007 às 11:59 pm | Publicado em Infância, Lola, Vida Pessoal | 2 Comentários

Logo na primeira vez que vi aquele rádio vermelho, me apaixonei. Mas não foram só os botõezinhos coloridos que me chamaram a atenção. A idéia de poder ouvir minhas fitas da Xuxa e do Carrossel (não ria, eu só tinha 6 anos) quando me desse na telha era muito atraente. Pronto, estava decidido qual seria meu próximo presente de natal.

Mas o natal estava longe, muito longe. Enquanto ele não chegava, eu tive que ceder às chantagens dos meus pais, senão “você não vai ganhar o rá-di-o”. Foram meses de sofrimento nas mãos dos malvados. Até que o natal chegou e trouxe com ele o “Meu Primeiro Gradiente”.

A partir do momento em que eu abri a caixa, começou a fase mais divertida da minha infância. Eu levava o radinho pra garagem, aumentava bem o volume e dançava imitando a Xuxa (ou a Mara Maravilha). Mas eu não pagava mico sozinha, não. Meu amigo Cassiano* dançava junto, ignorando os possíveis comentários sobre a sua opção sexual.

E se a gente enjoava de dançar, apelávamos pra outra função do rádio: o gravador. Um dia passamos a tarde inteira gravando as nossas conversas como se o gravador não estivesse ali. Ao mostrar a gravação pra minha mãe, ela abriu um sorriso e disse “você devia guardar isso”. E eu guardei, pena que guardei tanto que nunca mais encontrei.

O radinho durou até o dia em que eu me tornei adolescente demais pra querer guardar qualquer coisa que me lembrasse que já tinha sido criança. Mentira! Ele durou até o dia em que eu ganhei um micro system lindo com CD player e tudo. Mas o que o radinho deixou, nem um iPod pode apagar.

*Nome preservado pra preservar a amizade

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Se não fosse por um radinho eu iria demorar pra ser fã de Kid Abelha. A primeira vez que ouvi foi quando a minha prima dançava “Pare o casamento” na voz da Paula.

    O peixe está na música “Borbulhas de amor” do Fagner que você tinha em K7 e colocava todo dia pra ouvir no rádio.

  2. Eu também tive o Meu Primeiro Gradiente!!! E foi muito divertido mesmo! Eu e a minha irmã podíamos passar dias e mais dias só brincando com o radinho. Ele proporcionava inúmeras opções!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: